sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Preparando o polvo


Muita gente detesta polvo pois acha a carne “borrachenta” e dura. É que o polvo precisa ser preparado com cuidado, devendo ser “surrado” numa pedra ou então preparado à base do “choque térmico”.



Limpe o polvo retirando a boca (que fica debaixo da cabeça) e o saco de tinta. Segure o bicho pela cabeça e utilize-o como se fosse um chicote, desferindo golpes contra um chão de cimento ou a pia (o que vai dar muito trabalho para limpar).


O legal é ir até a rua e mandar bala no alfalto, até que o polvo aumente bastante de tamanho. É verdade. O polvo estica quando apanha e sua carne fica muito mais macia.

Depois, mergulhar o polvo numa panela cheia de água fervente com sal e limão (pode-se colocar um pouco de gengibre e nabo), por alguns segundos. Retirar o polvo e colocá-lo debaixo de água fria, corrente, da torneira da pia. Repetir a operação por 4 vezes e então deixar o polvo ferver por 19 minutos, no fogo baixo.


Daí ele está pronto para ser cortado e usado em Sashimis; para fritar com alho ou utilizar em risotos.


Se você não estiver disposto a surrar o polvo, basta congelar o bicho por pelo menos 48 horas e a carne vai ficar igualmente macia.






http://www.dicasdecozinha.com.br/ntc/default.asp?Cod=111

 




Nenhum comentário: